Seu tempo é seu termômetro de sucesso

Seu tempo é o termometro de seu sucessoQuando tomamos consciência de que o tempo é finito isso nos choca, saber que estamos de passagem pode nos fazer nos sentirmos impotentes, mas como você trabalha seu tempo para chegar onde deseja? Quanto do seu tempo é usado para alcançar seus propósitos de vida?

“Falta de tempo é desculpa daqueles que perdem tempo por falta de métodos”.

Albert Einstein

 

O tempo é o mesmo todos os dias, para todos nós. Todo dia ganhamos 24 horas, nem mais e nem menos, como você vai aproveitar o tempo que é a questão. Administrar o tempo não é um termo que eu goste muito, pois, entendo que o tempo não pode ser administrado, ele é o tempo e corre independente de sua interferência. Você pode sim e deve administrar-se e principalmente o tempo que tem disponível.

Pessoas bem sucedidas sabem aproveitar seu tempo e respeitam o tempo das outras pessoas.

Como palestrante de carreira, liderança, empreendedorismo, motivação e vendas e tendo ministrado centenas de palestras e treinamentos pelo Brasil, tendo mentorado centenas de pessoas, aprendi que as pessoas são muito mais emocionais e por isso trabalho em minhas palestras de forma a levar as pessoas através da emoção a reverem seus comportamentos e emoções. Seguindo este pensamento e prática quero antes de entrar no assunto sobre como aproveitar o seu tempo, fazer você refletir sobre alguns pontos nos parágrafos a seguir.

Quanto tempo você ainda tem de vida, tendo como base a perspectiva de vida do mundo contemporâneo? Pesquisas dizem que a expectativa de vida hoje é de 74,9 anos para brasileiros. Quanto deste tempo você está dedicando para chegar aos seus objetivos de carreira? Quanto tempo está dedicando ao lazer ao convívio com a família? Você sente que te falta tempo para aproveitar a vida?

Um ano tem em média 52 domingos, se considerar que você tenha hoje, como eu pertinho de 40 anos, você de acordo com a estatística possui mais 35 anos de vida em média. 35 anos x 1820 domingos para descansar e aproveitar. Parece muito não é? Vamos pensar por outro lado? Você já viveu em média 2080 domingos. Nossa muito não é? E você ainda tem tanto que quer aproveitar na vida. Quer viajar, aproveitar o sucesso.

Toda essa conta foi para te apresentar duas visões:

 

1ª – Quantos domingos você está deixando de viver por estar trabalhando?

2ª – Quanto do seu tempo deveria ser usado para focar em melhorar sua carreira e está gastando com coisas que não ter gera resultado algum e ainda fazem você perder seu domingo?

 

Não importa se seu dia de lazer é domingo ou não, o que quero te mostrar é que a vida é curta, o tempo passa e muita gente parece que veio ao mundo a passeio e está esperando algum milagre fazer seu tempo gasto e não aproveitado voltarem no futuro.

 

Ricardo, levar a vida o tempo todo controlando o tempo é uma loucura, um controle excessivo não faz bem. Concordo, mas e levar a vida sem qualquer controle, esperando o mundo terminar em barranco para morrer encostado? Começar o dia sem saber o que vai fazer, em que tempo e aonde quer chegar, também não é loucura? Desperdiçar um bem tão precioso e esgotável para seu corpo físico também não é meio loucura?

 

Então como podemos aproveitar melhor nosso tempo? Organizando seu tempo e priorizando tarefas x resultados esperados.

Crie sua escala de prioridades, segue minha sugestão:

Tarefa

– Fundamental – 4

– Importante – 3

– Necessária – 2

– Secundária – 1

 

Escala de tempo

 

– Em 15 dias – 4

– Este mês – 3

– Próximo mês – 2

– No trimestre – 1

Definido a pontuação de sua tarefa e sua escala de tempo, multiplique um pelo outro, por exemplo: Escrever projeto de monografia, fundamental ( 4 ), escala de tempo ( 1 ) = 4

 

A = 4 a 8 – Baixa prioridade que precisa ser completada até o fim do trimestre;

B = 9 a 12 – Importante que precisa ser completada neste mês ou até o próximo mês;

C = 13 a 16 – Fundamental que precisa ser completada nos próximos 15 dias.

Obs: Artigo inspirado e Escala de tarefas e tempo adaptada do livro: O LIVRO DE OURO DA LIDERANÇA – JOHN C. MAXWELL.

 

Eu particularmente ainda reduzo pela metade o tempo previsto para execução da tarefa, pois, caso eu não consiga realizar no prazo estipulado ainda tenho tempo para cumpri-la no prazo.

 

Algumas dicas para lidar com ladrões de tempo

 

Hoje é incrível como sofremos da síndrome da onipresença, onde queremos estar ciente de tudo que está acontecendo com nossos amigos e com o mundo em geral, perdemos horas olhando facebook e whatsapp. São recursos valiosos, mas quando mal usados são ladrões terríveis de tempo. Então quero deixar alguns tópicos de como atuo quanto a isso.

 

– Leio whatsapp sempre, mas de forma seletiva, ou seja, durante o dia olho somente o que está relacionado as minhas tarefas importantes e o que é relacionado a trabalho. Respondo brevemente as solicitações e dúvidas e informo em quanto tempo voltarei ao assunto para me dedicar a ele.

– Guardo um tempo do meu dia para olhar coisas triviais no whatsapp e facebook, tais, como notícias e como andam a vida e postagem dos amigos. Durante o dia somente foco em trabalho.

– E-mails, abro assim que chegam no celular, geralmente a cada 1 hora e leio rapidamente, quando são urgentes, respondo na hora, quando são importantes marco com uma estrela para responder no meu horário separado no dia para ler e responder e-mails.

– Na noite anterior revejo minhas tarefas alinhadas as minhas metas e faço um check list do que tenho que fazer no dia seguinte. Separo blocos de duas horas para cada quantidade de tarefas e a cada duas horas, separo 15 minutos para esvaziar a mente (ler um livro, um artigo, olhar algo trivial na rede social). Mas tenho a disciplina de saber que são 15 minutos, pois, senão perco o foco e fico mais tempo.

– No meio do dia revejo o que fiz das tarefas e o que não consegui fazer e planejo meu check list da tarde. As vezes quando tenho mudanças no planejamento, devido a uma reunião não prevista, reajusto para realizar a noite ou transfiro para o dia seguinte. Lembra que sempre uso a metade do tempo previsto? Então. Tendo mais uma metade de prazo de sobra posso fazer reajustes.

 

Faço planos para conquistas

 

São coisas que sonho conquistar, mas não sei quanto tempo levará, devido a serem sonhos de conquista, por exemplo: Ter um programa de negócios na televisão. Então dedico ao menos duas horas por semana, para ler e pesquisar sobre o assunto e pensar estratégias de como posso em longo prazo alcançar o sonho. Isso faz manter meu sonho vivo e ativo na mente e no coração, sem deixar ao mesmo tempo de fazer algo de efetivo sobre ele.

 

Por exemplo: Ter um programa na televisão – Prioridade Alta, prazo de tempo próximos dois anos. Tarefas: Pesquisar, estudar, entender como funciona o mercado, estudar oratória, procurar, por exemplo, palestrantes que conseguiram ter programas na televisão, saber como eles chegaram lá, qual o modelo de programa, quais os custos de ter um programa de televisão, como angariar recursos para alcançar o sonho. Com as tarefas definidas, defino um tempo para cada uma delas durante a semana.

 

Tempo para o ócio criativo

 

Não subestime o tempo para lazer e para o ócio criativo, ou seja, quando você separa um tempo para não pensar em nada, somente ficar livre de tarefas ligadas aos seus planos. Esse tempo quando sua mente se liberta de preocupações e problemas, é de extrema importância para potencializar o nascer de ideias. Sei quanto é difícil livrar a mente de tudo, mas com tempo e com treino você consegue. Só você pensar assim: Se eu ficasse doente numa cama de hospital e inconsciente, o mundo não seguiria seu curso sem minha presença? Então você para tudo por um tempo como se tivesse ficado fora do ar e usa para você.

Eu costumo separar minutos de meu dia, as vezes são apenas cinco minutos para não me preocupar com nada. Também separo alguns minutos para lembrar das coisas que já alcancei, das dificuldades que passei, os fracassos e quais foram as lições que aprendi. Separo também um tempo para me conectar com Deus (se você é ateu respeito sua opção), mas acho importante ter contato com algo maior que nós mesmos.

Assim que eu trabalho meu tempo dia a dia, sempre ajustando aqui e acolá para ser cada vez mais eficaz. Nada é perfeito e tudo vem com treino. Hoje após anos treinando já consigo definir quase que mentalmente quanto tempo gasto para realizar as tarefas do dia.

Espero que tenha gostado. Críticas, sugestões, reclamações e indicações são sempre bem vindas.

Ah! Compartilhe. Ajude outras pessoas que vocês acreditam que irão se beneficiar com este artigo. Obrigado!

Gostou deste artigo? Então leia o meu e-book autoajuda que foi destaque no Caderno Boa Chance do Globo. Chefe Zero – Agite-se depois de usar.

BAIXE GRÁTIS MEU E-BOOK TURBINE SUA CARREIRA

GOSTOU MESMO? COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS EM SUAS REDES. MUITO OBRIGADO, MEU TRABALHO NÃO SERIA NADA SEM VOCÊS QUE CURTEM E COMPARTILHAM MEUS ARTIGOS, PALESTRAS E VÍDEOS.

Grande abraço e até o próximo artigo.

Ricardo Veríssimo

Palestrante e Escritor

2 Replies to “Seu tempo é seu termômetro de sucesso”

  1. Eu sempre fico bastante sensibilizado quando vejo CONTEÚDOS como estes, que realmente DIZ ALGUMA COISA,(muita coisa), “para quem espera” alguma coisa, CONTEÚDO que realmente ACRESCENTA, que ORIENTA. Conteúdo no melhor sentido da palavra. E que me faz retomar minha crença de que o ser humano ainda tem salvação. Porque; Nós não somos nada; Nós não temos nada; “Nem mesmo sucesso” sozinhos. Parabéns Ricardo.
    E obrigado por nos trazer…. Por compartilhar conosco EXCELENTES conteúdos. Tudo de bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *